sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Homenagem a António Jacinto, poeta angolano

Este poema é maravilhoso! Escutemo-lo ao som da voz inesquecível do saudoso João Ramos, acompanhado por acordes musicais nostálgicos de Cabo Verde...

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

É interessante saber que...

  • a los indios sirionó del Alto Amazonas, en Bolivia, les trae sin cuidado copular delante de otras personas, pero se mueren de vergüenza y pueden ser severamente castigados si son sorprendidos comiendo en público.
  • las madres de la tribu pondos de Sudáfrica están deseosas de que sus hijos se casen con tantas mujeres como les sea posible, ya que las recién casadas pasan a ser auténticas esclavas de la suegra.
  • antes de la batalla, los centuriones romanos se hacían la manicura y se depilaban el vello de las piernas.
  • en la Grecia clásica, para saber si una mujer era estéril o no, se colocaba un ajo en la vagina; y si al día siguiente le olía la boca a ajo, la mujer se consideraba fértil. De lo contrario, se creía que sus conductos vitales estaban cerrados.
  • las mujeres arapesh de Nueva Guinea nunca sienten dolores menstruales. Al parecer, esto se debe a que permanecen horas sentadas en un trozo de corteza de árbol húmeda; el frío y las ortigas con las que se rozan involuntariamente anulan la sensación de dolor.
  • entre los tre-ba del Tibet, todos los hijos del mismo padre compartían una única esposa. Así que sólo celebraban una boda por familia en cada generación.
  • a pesar de que está totalmente prohibido, algunos indios cuna de Panamá siguen sacrificando - bien enterrándolos vivos, bien envenenándolos - a los bebés albinos. Antiguamente estos niños de piel y pelo blancos eran eliminados, debido a que resultaban poco rentables para la tribu y constituían una carga familiar, ya que al carecer su piel del pigmento melanina, no podían exponerse al sol.
  • para saber si el futuro bebé era niño o niña, los antiguos egipcios hacían orinar a la mujer en trigo y cebada. Si el trigo crecía más rápido que la cebada, el fruto sería un varón, y viceversa.

                         
                                 http://www.mediavida.com/foro/6/el-sexo-y-los-siriono-407537

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Jogos Paralímpicos arrancam hoje em Londres


A 14ª edição dos Jogos Paralímpicos, que junta 4.200 atletas de 166 países, entre os quais 30 portugueses, começa esta quarta-feira em Londres com uma cerimónia que contará com a presença do primeiro-ministro português Pedro Passos Coelho.

A atleta Inês Fernandes, do lançamento do peso, será a porta-estandarte portuguesa na cerimónia de abertura, cujo início está agendado para as 19h30, no Estádio Olímpico.

Açores - Vila da Calheta (Ilha de São Jorge)

A não perder: Julie Delpy no filme "2 dias em Nova Yorque"



"Delpy 'stressed out' on movie set
Saturday 25 August 2012
Julie Delpy has admitted that she stressed herself out by writing, directing and starring in the romantic comedy 2 Days in New York."

                                
            
                    
                                        
                                       Julie Delpy      Chris Rock     Vincent Gallo

Para saber mais: ir para a hiperligação http://www.rte.ie/ten/2012/0825/delpyj.html                        

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Cada Rei das Cartas do Jogo, quem representa...?

É interessante investigar o significado dos Reis do baralho, porque se acredita (?) que representa uma figura importante da História:
  • o Rei de Espadas representa o Rei David 
  • o Rei de Paus representa Alexandre Magno
  • o Rei de Copas representa Carlos Magno
  • o Rei de Ouros representa Júlio César

"Há quem acredite que o baralho foi inventado pelo pintor francês Jacquemin Gringonneur, sob encomenda do rei Carlos VI de França. Gringonneur desenvolveu as cartas do jogo de forma que representassem a divisão da sociedade francesa através de seus naipes, sendo copas o clero; espadas a nobreza; paus os camponeses; ouros a burguesia.[carece de fontes?]

Mais tarde,[quem?] atribuíram-se significados específicos às cartas com figuras, representando personalidades históricas e bíblicas. São elas:

Rei de Ouros - Júlio César, geralmente portando um machado que simboliza as legiões romanas;

Rei de Espadas - o rei israelita Davi;

Rei de Copas - o rei Carlos Magno;

Rei de Paus - Alexandre, o Grande;

Dama de Ouros - Raquel, esposa de Jacó;

Dama de Espadas - A deusa grega Atena;

Dama de Copas - Judite, personagem bíblica católica;

Dama de Paus - Elizabeth I de Inglaterra;

Valete de Ouros - Heitor, Príncipe de Tróia;

Valete de Espadas - Hogier, primo de Carlos Magno;

Valete de Copas - La Hire (Étienne de Vignolles);

Valete de Paus - Sir Lancelot."

       
as imagens deste post foram conseguidas em:
http://fina-sintonia2.blogspot.pt/2009/10/este-mundo-curioso-os-reis-do-baralho.html

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

27 de agosto de 1896!

A 27 de agosto de 1896, eclodiu uma guerra entre a Grã-Bretanha e Zanzibar (agora parte da Tanzânia), na qual Zanzibar se rendeu ao fim de 38 minutos...!!!
     
                                                        http://en.wikipedia.org/wiki/Zanzibar

domingo, 26 de agosto de 2012

A Pirâmide de Gizé

                    

           
                               A Esfinge e a Grande Pirâmide de Quéops
              imagem obtida em http://www.egito-turismo.com/fotos/piramides.htm

Sabia que...

a Pirâmide de Gizé foi construída de dentro para fora, e as suas arestas indicam um ponto cardeal?



A pirâmide de Quéops

A pirâmide de Quéops, também conhecida como a Grande Pirâmide, foi construída por volta de 2.600 a.C. para ser a tumba do Faraó Quéops ou Khufu. Sua altura original era de 146,59 metros, mas atualmente é de 137,19 m, pois falta parte do seu topo e o revestimento. A inclinação das faces, em relação ao plano da base é de 51°51’14,3’’, o que pode ser observado na réplica do revestimento externo, colocado em parte da base da pirâmide.
 
A estrutura cobre uma área de 53 mil metros quadrados e contém aproximadamente 2.300.000 blocos de pedras com, em média, 2,5 toneladas cada um. Levou cerca de 30 anos para ser concluída, envolvendo um exército de 100.000 trabalhadores. Muitos estudiosos acreditam que essa mão de obra era inteiramente escrava. No entanto, essa hipótese parece um tanto improvável, pois para manter na linha esse número de cativos talvez fosse necessária a força de 20 mil soldados; sem contar a alimentação de toda essa gente. (ATALAY, 2007).

Assim como nas outras pirâmides de Gizé, a de Quéops orienta os quatro pontos cardeais, limitando ainda o Delta do Nilo geometricamente com o prolongamento das duas diagonais e dividindo-o em duas partes iguais com o prolongamento do apótema da pirâmide em sua face norte.
 
A simples orientação dos pontos cardeais pelas faces da Pirâmide já mostra uma impressionante perícia de astronomia, uma vez que até mesmo nos tempos atuais, com toda a tecnologia disponível, essa tarefa não é de fácil execução. É verdade que essa orientação possui um pequeno erro, mas algumas hipóteses sugerem que esse erro se deva a um movimento de placas tectônicas.

É possível encontrar as mais variadas teorias sobre as pirâmides do Egito, em especial sobre a Grande Pirâmide; seja na internet, programas televisivos ou em bons livros de História. Tudo isso pelo simples fato de que muita coisa não pode ser provada cientificamente. No entanto, não se podem negar as incríveis coincidências contidas nesse monumento.

Um fato não comprovado, mas no mínimo curioso, é a unidade de medida utilizada pelos construtores da Grande Pirâmide. Alguns estudiosos crêem que suas medidas estejam relacionadas às dimensões da Terra e que a unidade de medida empregada foi a polegada do diâmetro polar (p dp). Essa polegada difere em apenas um fio de cabelo da polegada usual, equivalente a 2,54 cm. O astrônomo britânico John Herschel, percebeu que a polegada utilizada na Pirâmide (p dp) é equivalente à razão entre o diâmetro polar (eixo de rotação da Terra) e 50.000.000, o que pode indicar o conhecimento da medida do diâmetro polar exato pelos construtores da Grande Pirâmide. (apud VALENTINE, 1975, p. 60)

Muitas medidas da Grande Pirâmide parecem estar vinculadas às reais medidas da Terra e do próprio Sistema Solar. Como se seus construtores quisessem dizer à posteridade que possuíam tal conhecimento. Para citar outro exemplo, sua altura pode ter sido escolhida por representar quase que exatamente a distância da Terra ao Sol no periélio, se multiplicada por um bilhão. A precisão é realmente impressionante, no entanto parece improvável que a humanidade detivesse tal conhecimento àquela época. Mas não há como negar a intriga de tais medidas nem tampouco a precisão goniométrica de toda a obra, o que obriga a necessidade de instrumentos ópticos extremamente avançados. Mas nenhum vestígio de tais instrumentos foi até hoje encontrado, tudo isso permanecendo um profundo mistério.

Medidas da Pirâmide de Quéops.
Área total: 53.000 m² de superfície da base.

Altura Original: 146,59 m

Aresta da base norte: 230,253 m

Aresta da base sul: 230,454 m

Aresta da base leste: 230,391 m

Aresta da base oeste: 230,357 m

Desvios das arestas da base em relação aos pontos cardeais:

Aresta norte: 2’28’’

Aresta sul: 1’57’’

Aresta leste: 5’30’’

Aresta oeste: 2’30’’

Medidas dos quatro ângulos internos da base

Vértice nordeste: 90°3’2’’

Vértice noroeste: 89°56’58’’

Vértice sudeste: 89°56’27’’

Vértice sudoeste: 90°0’33’’

          imagem conseguida em:

Cervantes e Shakespeare...

Sabia que...

Miguel de Cervantes Saavedra e William Shakespeare, considerados expoentes máximos das literaturas espanhola e inglesa, respetivamente, morreram ambos no mesmo dia - a 23 de abril de 1616...

               
http://en.wikipedia.org/wiki/William_Shakespeare :
É bem conhecida a coincidência das datas de morte de dois dos grandes escritores da humanidade, Cervantes e William Shakespeare, ambos com data de falecimento em 23 de Abril de 1616. Porém, é importante notar que o Calendário gregoriano já era utilizado na Castela desde o século XVI, enquanto que na Inglaterra sua adoção somente ocorreu em 1751. Daí, em realidade, William Shakespeare faleceu dez dias depois de Miguel de Cervantes.