sábado, 17 de novembro de 2012

O que significa espirra-canivetes?

Aqui vai o signficado de espirra-canivetes:


s. 2 g. 2 núm.
[Informal]  Pessoa agastadiça, facilmente irritável.

http://www.priberam.pt/dlpo/default.aspx?pal=espirra-canivetes

(imagem: http://mundodatpm.blogspot.pt/2010/09/o-que-irrita-as-mulheres.html)

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Os Novos Provérbios Portugueses...(adaptados à situação atual do País...!!!)


(imagem extraída de: 
http://emebdomdaniel.blogspot.pt/2010/05/de-04-07-de-maio-semana-de-lingua.html)

O povo português é muito criativo e nada lhe escapa, está bom de ver!

Devido à crise que o nosso país atravessa, não falta quem tenha uma imaginação fértil para criar textos engraçados, refletindo a crise social e política com que andamos a ser bafejados.

O jogo de palavras é sempre bem-vindo para nos divertirmos um pouco e nos distrairmos da tão propalada crise. 

E então quando se refere aos políticos,  tudo fica mais "gostoso", como dizem, e muito bem, os brasileiros..

Vamos lá então conhecer os novos provérbios:

1. Em Janeiro sobe ao outeiro; se vires verdejar, põe-te a cantar, se vires o Passos, põe-te a chorar.
2. Quem vai ao mar avia-se em terra; quem vota Passos, mais cedo se enterra.
3. Passos a rir em Janeiro, é sinal de pouco dinheiro.
4. Quem anda à chuva molha-se; quem vota em Passos lixa-se.
5. Ladrão que rouba a ladrão tem cem anos de perdão; parvo que vota em Passos, tem cem anos de aflição.
6. Gaivotas em terra temporal no mar; Passos em São Bento, o povinho a penar.
7. Há mar e mar, há ir e voltar; só vota em Passos quem se quer afogar.
8. Março, marçagão, manhã de Inverno tarde de Verão; Passos soarão, manhã de Inverno, tarde de inferno.
9. Casa roubada, trancas na porta; Passos eleito, ervas na horta.
10. Peixe não puxa carroça; votar em Passos, asneira grossa.
11. Amigo disfarçado, inimigo dobrado; Passos empossado, povinho lixado.
12. A ocasião faz o ladrão, e de Passos um aldrabão.
13. Não há regra sem excepção, nem Passos sem confusão. 
14. A fome é o melhor cozinheiro, Passos o melhor coveiro.
15. Olhos que não vêem, coração que não sente, mas aturar o Passos, não se faz à gente.
16. Boda molhada, boda abençoada; Passos eleito, pesadelo perfeito.
17. Com Passos e bolos se enganam os tolos.
 

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Vamos relaxar...


Temos de nos rir um pouco...toca a descontrair...!!!

Frase do século sobre Portugal:

'Somos um país essencialmente agrícola:


uns já "cavaram", outros vão "cavar" e os que ficam são "nabos" !

Um Poema de Alda Lara



PRELÚDIO     
Pela estrada desce a noite
Mãe-Negra, desce com ela..

Nem buganvílias vermelhas,
nem vestidinhos de folhos,
nem brincadeiras de guisos,
nas suas mãos apertadas.
Só duas lágrimas grossas,
em duas faces cansadas.
Mãe-Negra tem voz de vento,
voz de silêncio batendo
nas folhas do cajueiro...
Tem voz de noite, descendo,
de mansinho, pela estrada...
Que é feito desses meninos
que gostava de embalar?...
Que é feito desses meninos
que ela ajudou a criar?...
Quem ouve agora as histórias
que costumava contar?...
Mãe-Negra não sabe nada...
Mas ai de quem sabe tudo,
como eu sei tudo
Mãe-Negra!...
Os teus meninos cresceram,
e esqueceram as histórias
que costumavas contar...
Muitos partiram p'ra longe,
quem sabe se hão-de voltar!...
Só tu ficaste esperando,
mãos cruzadas no regaço,
bem quieta bem calada.
É a tua a voz deste vento,
desta saudade descendo,
de mansinho pela estrada.
Lisboa, 1951 (de Poemas, 1966)



Angola, por Cesária Évora

"Dormir sobre o caso..."

"Dormir sobre o caso" significa:
  • adiar uma decisão para refletir sobre o assunto
  • consultar o travesseiro
  • conversar com o travesseiro
  • pensar duas vezes
in zazzle.com.br

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Mês das castanhas!

Pois é verdade! Mais um São Martinho para nos lembrarmos que temos de provar as nossas castanhas e o nosso vinho!

"Quentes e boas"! diz o pregão. Pois é aproveitar e comê-las acabadas de assar, na rua ou em casa!

Confesso aqui um segredo: por mim, compro-as na rua, são as que me sabem melhor! Vê-las a acabar de assar, depois assistir ao ritual de serem embrulhadas em papel de jornal ...humm! Que quentes e boas no cartucho! Os donos dos fogareiros sabem bem o que fazem...E a castanha portuguesa é a mais saborosa!  

E por que não, como alternativa, cozinhá-las em casa, no calor do nosso lar? Exige um pouco de esforço e de trabalho, isso sim! E o mérito é grande, porque não é fácil fazê-las com o preceito que o portuguesinho exige.

Vamos comprar o que é nosso e tirar o máximo partido desse gesto!

E aqui vai uma receita para ajudar:


. Castanhas assadas: Existem assadores próprios para o efeito, quem não tiver pode improvisar um fazendo uns furos numa lata, colocar as castanhas dentro e meter perto das brasas. Vá lançando para dentro umas pitadas de sal e mexendo ou sacudindo o assador de vez enquanto até estarem prontas. Se preferir tambem as pode confecionar no forno, é só colocar as castanhas espalhadas num tabuleiro, com sal por baixo e por cima e deixar assar.

http://8ou80foto.com/2011/10/09/castanhasreceitasdicasbeneficios/

domingo, 11 de novembro de 2012

Viennoiserie... (pastelaria)...

"Il vaut mieux aller au moulin qu'au médecin"
Tradução literal: mais vale ir ao moinho que ao médico...



Possível correspondência para um ditado popular português:
“Casa onde entra o sol, não entra o médico".

Hoje é dia de São Martinho!


Martinho era um valente soldado romano que estava a regressar da Itália para a sua terra, algures em França.
Montado no seu cavalo estava a passar num caminho para atravessar uma serra muito alta, chamada Alpes, e, lá no alto, fazia muito, muito frio, vento e mau tempo. Martinho estava agasalhado normalmente para a época: tinha uma capa vermelha, que os soldados romanos normalmente usavam. De repente, aparece-lhe um homem muito pobre, vestido de roupas já velhas e rotas, cheio de frio que lhe pediu esmola.
Infelizmente, Martinho não tinha nada para lhe dar. Então, pegou na espada, levantou-a e deu um golpe na sua capa. Cortou-a ao meio e deu metade ao pobre.
Nesse momento… as nuvens e o mau tempo desapareceram. Parecia que era Verão! Foi como uma recompensa de Deus a Martinho por ele ter sido bom.
É por isso que todos os anos, nesta altura do ano, mesmo sendo Outono, durante cerca de três dias o tempo fica melhor e mais quente: é o Verão de São Martinho. encontrei aqui e gostei:  http://educacaodeinfancia.com/lenda-de-s-martinho/



No dia de São Martinho vai à adega e prova o teu vinho
Dia de São Martinho: lume, castanhas e vinho.