sábado, 4 de fevereiro de 2017

Reflexão para o fim de semana

in: de.forwallpaper.com
Tendo recebido de uma amiga minha uma mensagem de amizade, de amor e respeito pela vida, o que me sensibilizou muito, decidi partilhá-la aqui:

"Quando um pássaro está vivo, ele come as formigas, mas quando o pássaro morre, são as formigas que o comem. 
Tempo e circunstâncias podem mudar a qualquer minuto. Por isso, não desvalorizes nada à tua volta. 
Podes ter poder hoje, mas lembra-te: o tempo é muito mais poderoso que qualquer um de nós!
Fica a saber que uma árvore faz um milhão de fósforos, mas basta um fósforo
para queimar milhões de árvores. Portanto, sê bom! Pratica o bem!" 
(Micaela Almeida, in https://pensador.uol.com.br)

"O tempo é como um rio. Nunca poderás tocar na mesma água duas
vezes, porque a água que já passou, nunca passará novamente.
Aproveita cada minuto da tua vida e lembra-te:
Nunca busques boas aparências, porque elas mudam com o tempo. Não
procures pessoas perfeitas, porque elas não existem. Mas busca acima
de tudo, um alguém que saiba o teu verdadeiro valor."
(in http://www.mensagens10.com.br)

"Tenham 4 amores:
- Deus;
- A Vida;
- A Família;
- Os Amigos.
Deus porque é o dono da vida;
A vida porque é curta;
A família porque é única;
E os amigos porque são raros!"
in: https://www.facebook.com/lombardioficial/posts/
Mensagens lindas que nos obrigam a refletir sobre o nosso papel tão efémero que é, na passagem pela terra!

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

António Guterres quer que a proteção dos refugiados seja garantida

in: rtp.pt

"Guterres espera que refugiados voltem a ser prioridade da administração de Trump

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, veio recordar que os Estados Unidos têm “uma grande tradição” de proteção de refugiados. “A proteção dos refugiados deve ser garantida. O acesso dos refugiados a um lugar onde estejam seguros é extremamente importante”, disse o português, numa conferência de imprensa em Adis Abeba, Etiópia, onde participou na abertura da cimeira da União Africana (UA).
“Os Estados Unidos têm uma grande tradição na proteção de refugiados, espero que esta medida seja apenas temporária”, afirmou Guterres, depois de ter sido questionado sobre a interdição de entrada a cidadãos de sete países de maioria muçulmana, decretada na sexta-feira passada pelo novo Presidente norte-americano, Donald Trump.
Entre os países que constam da lista, há três africanos — Líbia, Somália e Sudão — e Guterres apresentou a presença na cimeira da UA para reforçar que os países do continente africano são os que acolhem a maior população de refugiados no mundo.
“As fronteiras africanas continuam abertas para todos os refugiados que necessitam da sua proteção, enquanto as fronteiras em muitos outros países estão a ser fechadas, incluindo nos locais mais desenvolvidos do mundo”, lamentou Guterres, perante o plenário da União Africana.
Por outro lado, sobre uma possível revisão das relações entre os Estados Unidos e a Organização das Nações Unidas admitida por Trump, o secretário-geral da ONU reconheceu que é um assunto “preocupante”, mas disse acreditar que seja possível encontrar uma solução através de um “diálogo construtivo” em que participa de forma direta.
Lusa"
(in observador.pt, Miguel Santos, 30.01.2017)

domingo, 29 de janeiro de 2017

Emmanuelle Riva deixou-nos...

in: hellomagazine.com
"A atriz francesa Emmanuelle Riva, protagonista dos filmes ‘Amor’, de Michael Haneke, e “Hiroshima, meu amor”, de Alain Resnais, morreu este sábado em Paris, aos 89 anos, vítima de cancro.
O filme de língua francesa escrito e dirigido por Michael Haneke, venceu a Palma de Ouro no Festival de Cannes de 2012 e também foi premiado com o Óscar de melhor filme estrangeiro de 2012.
Na história da atriz destaca-se também o filme “Azul”, da trilogia de Kieslowski,
Apesar da doença, Emmanuelle Riva estava a rodar um filme na Islândia."
in observador.pt - 28.01.2017